© 2017 CURTA BOTAFOGO | Direitos reservados | Reprodução autorizada desde que citada a fonte. 

  • Facebook Social Icon

POSTS RECENTES: 

22.10.2019

Please reload

INGLÊS SOB MEDIDA

AULAS PARTICULARES

 

Esta semana, o Curta Botafogo foi conhecer o restaurante Marín, recém-inaugurado na Voluntários da Pátria 32, em frente ao cinema Estação Net Rio. A casa tem charme, ambiente acolhedor, ótimo serviço e muitas delícias. Conclusão: precisamos voltar muitas vezes.

 

A cada saída do cinema, a gente vinha paquerando de longe o simpático restaurante que ficou no lugar do mexicano Tacos & Wraps. A decoração com elementos marítimos e a parede pintada de azul sugeria frutos do mar. Descobrimos que o Marin é isso, sim, e muito mais.

 

Na chegada, fomos atendidos pela Yasmim, que – coisa rara em restaurantes novos – conhecia todo o cardápio de cor e já tinha seus petiscos preferidos. Ponto para a Yasmim e para o Marín! Começamos com uma cerveja bem gelada – como faz calor! – e com uma porção de “Coxinhas do Mar” (R$ 35,10 porção com 4 unidades) feitas com massa de arroz de coco e recheadas com camarão e amendoim. Para acompanhamento, um bobozinho de camarão.

 

Aproveitamos para puxar conversa com um rapaz na mesa ao lado, que tinha toda a pinta de dono: sabe aquele olhar atento a tudo o que acontece no estabelecimento? E, de fato, Pedro Ebert e a mulher, Paula Horta, são os orgulhosos proprietários do Restaurante Marín. E não são marinheiros de primeira viagem, não: Pedro já administrou vários restaurantes, e Paula é ex-chef do Gula Gula.

 

 

Ele nos contou que o conceito do Marín é inspirado nas muitas viagens que os dois fizeram pelo mundo e também nas recordações de infância, com mesa farta, famílias grandes e muito falatório. Dessa soma de experiências, surgiu o cardápio do Marín, que eles chamam de “cozinha afetiva”. Faz sentido, tanto que Carla Paes Leme já ficou best friends forever dos pastéis que vieram em seguida! Segundo ela, não podem faltar pastéis em lugar onde tem cerveja. E o Marín tem sete sabores! Como a gente pode misturar os sabores da porção que vem com dois pastéis, Carla escolheu o de carne assada com cebola roxa caramelada em azeite balsâmico – ótima pedida! – enquanto eu provei o de banana da terra com palmito e amendoim. Ficou em R$ 13,20 a porção. Como cortesia, a casa nos ofereceu cachaças de melancia e de jaca. Deliciosas!

 

Para fechar o happy hour, pedimos “Bolinhos do sertão” – feitos com creme de aipim, carne assada desfiada e queijo, servidos com molho de queijo. A porção vem com 8 unidades e sai a R$ 27,90.

 

Saímos de lá felizes, pensando no bobó de camarão e na moqueca que eles fazem no fim de semana.

 

 

Serviço

 

Restaurante Marín

Rua Voluntários da Pátria 32 - 2266-1561

Dias e horários:
de terça a sexta, das 17h à meia-noite e meia

Sábados e feriados, das 12h à meia-noite e meia

Domingo, das 12h às 23h

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload