© 2017 CURTA BOTAFOGO | Direitos reservados | Reprodução autorizada desde que citada a fonte. 

  • Facebook Social Icon

POSTS RECENTES: 

22.10.2019

Please reload

INGLÊS SOB MEDIDA

AULAS PARTICULARES

 Divulgação - foto: Marcos Issa

 

Uma das coisas de que mais gosto é assistir a filmes. E não dá pra comparar ver na TV e ver no cinema. Pra mim, ir ao cinema é um ritual. Nada como o escurinho do cinema!

 

Se tiver pipoca, melhor ainda!

 

Se tiver boa companhia, aí nem se fale! Felizmente, eu tenho meu amado Augusto, que topa sempre ver qualquer filme que eu sugira.

 

Quando soube que o Cinemark do Botafogo Praia Shopping estava com uma cadeira que se balançava toda no ritmo do filme, fiquei morrendo de curiosidade. Aliás, ficamos. Como seria isso? Será que a tremedeira tiraria nossa atenção? Derrubaria toda a pipoca do saco? Enfim, precisávamos experimentar a tal cadeira.

 

O nome é cadeira D-Box. Há duas fileiras delas em duas salas do Cinemark Botafogo, num total de 60 cadeiras, distribuídas nas filas H e I das salas 5 e 6, onde costumam passar os filmes 3D. Antes de experimentar a novidade, peguei informações com a diretora de marketing do Cinemark Brasil, Bettina Boklis.

 

Como funcionam as cadeiras D-Box?

 

As poltronas D-Box ficam instaladas em uma área central e privilegiada da sala de exibição com uma iluminação especial e são equipadas com controles individuais que capturam todos os movimentos dos filmes simulando vibrações, quedas e trepidações.

 

Há algum risco para o espectador? Alguma recomendação ou limitação?

 

Não. As poltronas são equipadas com controles individuais que permitem que o próprio espectador regule a intensidade dos movimentos e até mesmo desligue o equipamento. Por questões de segurança, as cadeiras possuem um detector de peso, que determina o momento de ativação e desativação do assento.  Crianças podem usá-la sem problemas.

 

Imagina-se que a cadeira seja perfeita para assistir a filmes de aventuras, com muitas cenas de ação, mas como funciona para outros tipos de filmes?

 

A poltrona D-Box captura os movimentos e sensações dos filmes e baseia-se em agitações e vibrações repentinas dos assentos, por meio de mecanismos extremamente silenciosos e imperceptíveis para os outros espectadores, que são transmitidas diretamente do projetor. Com essas características, a Rede Cinemark busca selecionar para essas salas produções que deem sensações mais intensas, como os de ação e aventura.

 

Esse tipo de cadeira já existe em outros países há muito tempo?

 

Elas são fabricadas no Canadá e já estão presentes nas salas da Cinemark de Estados Unidos, Peru, Chile e Colômbia.

 

 

Para testar a novidade, eu e Augusto escolhemos ver “A múmia”, com Tom Cruise e Russel Crowe. A escolha foi acertada. O filme é bem movimentado, com muitas cenas de ação, perseguição, lutas. Tudo potencializado pelo 3D e pela cadeira D-Box.

 

Só não posso deixar de dizer mais uma coisa: os preços são salgados, mas vale a experiência. Os ingressos custam entre R$ 45 e R$ 53, dependendo do dia e do horário. Os mais baratos são às quartas-feiras.

 

Dica: se você não está certo se vai curtir a cadeira D-Box, pode fazer um test-drive no saguão do cinema, onde há duas cadeiras demonstrativas. Aí, se você achar que vale a pena, embarque nessa aventura! Nós curtimos!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload