© 2017 CURTA BOTAFOGO | Direitos reservados | Reprodução autorizada desde que citada a fonte. 

  • Facebook Social Icon

POSTS RECENTES: 

22.10.2019

Please reload

INGLÊS SOB MEDIDA

AULAS PARTICULARES

Desenterrando histórias

 

Imagine um encontro de alguns dos maiores escritores, artistas e pensadores brasileiros de todos os tempos, como Machado de Assis, Darcy Ribeiro, Santos Dumont, Oscar Niemeyer e Oswaldo Cruz. Imagine também que esse encontro fosse animado pela música dos maestros Heitor Villa-Lobos e Tom Jobim, com direito a canjas de Vinicius de Moraes, Dorival Caymmi e Baden Powell, além de números de piadas de Costinha e Bussunda. E que o evento inédito fosse eternizado nas telas de Di Cavalcanti e Pancetti, e contado em crônicas de Nelson Rodrigues, Mário Filho e João do Rio.

 

O encontro fictício só seria possível no Cemitério São João Batista, onde boa parte da história do Brasil poderia ser contada a partir dos seus mais de 65 mil túmulos.

E essa história é contada uma vez por mês, em visita guiada pelo professor e historiador Milton Teixeira. Enquanto conduz os visitantes por entre sepulturas, Teixeira mistura a narração de fatos históricos com curiosidades e indiscrições. Por ele ficamos sabendo que o túmulo da cantora mineira Clara Nunes está entre os mais visitados. “As músicas que Clara Nunes cantava valorizavam a cultura e as religiões de matriz africana”, lembra o historiador. “Talvez por isso, ela seja tão lembrada e homenageada, especialmente em épocas de festas religiosas. Ela se tornou uma espécie de santa popular”.

 

E não é que, em tempos de febre amarela, surge Oswaldo Cruz em cima do próprio túmulo, durante a visita guiada, para nos contar como foi a luta para erradicar a doença em sua época! Na verdade, era o ator Tiago Azevedo interpretando o cientista. Milton Teixeira diverte-se explicando que tem o hábito de ressuscitar uma figura histórica a cada novo passeio.

 

 

 IMORTAIS

 

Um dos pontos altos do passeio é a visita ao Mausoléu da Academia Brasileira de Letras, onde descansam em paz mais de 60 imortais; entre eles, o fundador da ABL, Machado de Assis.

O passeio pode ser agendado no site (http://cemiteriosjb.com.br/agendamento/) e é gratuito.
 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload